Home » Comunidade

O livro como bem público

Publicado por admin - Monday, 9 March 2009

PATRIMÔNIO

Recepção dos calouros no Instituto de Psicologia inclui conscientização dos novos alunos sobre a necessidade de preservar o valioso acervo da biblioteca daquela unidade

CÉLIA REGINA DE OLIVEIRA ROSA e MARIA IMACULADA CARDOSO SAMPAIO, especial para o JORNAL DA USP

A Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da USP, desde 2007, recebe os calouros com uma atividade diferente. O Apaga-Ação tem por objetivo conscientizar e orientar os futuros usuários da biblioteca em relação à preservação do acervo, evitando-se o mau uso dos livros.

Novos alunos e bibliotecárias do IP: cuidados com os livros

Novos alunos e bibliotecárias do IP: cuidados com os livros

Para tanto, os novos alunos, acompanhados dos veteranos, são convidados a apagar as anotações, riscos e rabiscos feitos nos livros da biblioteca. O evento se repetiu neste ano, durante a Semana de Recepção aos Calouros, ocorrida nos dias 16 a 20 de fevereiro passado.
Durante o ano os funcionários anotam os livros que chegam rabiscados e os mesmos são reunidos por ocasião da recepção aos calouros. Ao ver o estado de algumas obras, muitos calouros ficam indignados com o descaso dos usuários em relação ao bem público. Quando riscados com canetas, e em diversas cores, muitos livros ficam inaproveitáveis para leitura. A atividade, que é desenvolvida no jardim em frente à biblioteca, vem sendo um momento de interação entre a comunidade, embora o desejo seja que, com a conscientização das novas gerações, essa ação possa deixar de ser praticada.

Além do Apaga-Ação, a biblioteca é apresentada aos calouros e duas fontes de informação são demonstradas, uma vez que são recursos indispensáveis aos estudantes já no primeiro ano de curso. Essas fontes são:
1. Banco de Dados Bibliográficos da USP (Dedalus), disponível no endereço www.usp.br/sibi. Trata-se de catálogo em formato eletrônico que garante o acesso às informações do acervo das 43 bibliotecas da USP. Com a implantação do empréstimo automatizado, o usuário pode verificar também se o livro está disponível. Em breve poderão ser feitas reservas e renovações via internet. O conhecimento adquirido nesse primeiro contato com o Dedalus é rápido e os alunos são convidados a participar de uma sessão de capacitação para aprender a explorar os recursos do sistema, ganhando autonomia na busca por informação.
2. A segunda fonte de informação considerada essencial para os estudantes é a Biblioteca Virtual em Saúde – Psicologia (BVS-Psi), disponível no endereço www.bvs-psi.org.br. Referência internacional na disponibilização de informação sobre psicologia na internet, a BVS-Psi, mantida pela biblioteca do Instituto de Psicologia em parceria com o Sistema Conselhos de Psicologia, tem o objetivo de reunir, organizar e disseminar o conhecimento publicado em revistas, teses e outros tipos de suportes. Formada por bases de dados especializadas e acessíveis gratuitamente, a BVS-Psi é voltada para psicólogos, pesquisadores, estudantes e outros interessados que buscam material atualizado para a prática profissional ou para o avanço da pesquisa científica no Brasil e na América Latina. O carro-chefe da BVS-Psi é o Portal de Revistas Eletrônicas de Psicologia PePSIC, que publica o texto completo de cerca de 70 títulos de revistas dos diversos países da América Latina e Caribe.
Uso consciente do bem público e acesso à informação de qualidade para a geração do conhecimento na Universidade são ações que a Biblioteca Dante Moreira Leite pratica com sua comunidade, que sempre responde com entusiasmo às iniciativas propostas.

Célia Regina de Oliveira Rosa é chefe da Seção de Informação e Divulgação da Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da USP
Maria Imaculada Cardoso Sampaio é diretora técnica da Biblioteca Dante Moreira Leite do Instituto de Psicologia da USP