Home » Comunidade

Sempre inovadora, agora maior

Publicado por admin - Sunday, 9 November 2008

ADMINISTRAÇÃO

Escola de Artes, Ciências e Humanidades inaugura três novos prédios, usados para salas de professores e laboratórios didáticos e de pesquisa

ADRIANA CRUZ, especial para o Jornal da USP


Uma das mais novas unidades criadas pela USP, a Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) nasceu sob o signo da inovação, marca fundamental de nossa instituição. Assim a reitora da USP, Suely Vilela, iniciou seu discurso na cerimônia de inauguração de três novos edifícios da EACH, realizada no dia 6 passado. Estiveram presentes à solenidade dirigentes da Universidade, alunos, professores e funcionários da escola, que está localizada na zona leste de São Paulo, oferece dez cursos de graduação e possui cerca de 4 mil alunos, 260 docentes e 150 servidores técnico-administrativos.

Na ocasião, foram inaugurados os prédios de salas de professores, dos laboratórios didáticos e de laboratórios de pesquisa, cujo projeto executivo foi elaborado pela Coordenadoria do Espaço Físico (Coesf) da USP. Segundo a reitora, para a construção dos novos prédios, que perfazem 8.500 metros quadrados de área construída, foram investidos recursos da ordem de R$ 11,5 milhões, provenientes do programa de expansão do governo estadual.

Suely Vilela fez menção também ao cunho inovador do projeto pedagógico da EACH. “Ainda jovem, com apenas quatro anos de existência, mas com grandes perspectivas de se consolidar como referência no ensino, na pesquisa e na extensão universitária, esta unidade oferece formação interdisciplinar, de caráter empreendedor, para os futuros profissionais.”

Em relação aos novos prédios inaugurados, acrescentou: “A nova infra-estrutura permitirá a implementação de ações importantes, entre elas, a criação de programas de pós-graduação, atendendo às aspirações dos jovens que vislumbram na educação continuada o caminho para a sobrevivência profissional no mundo competitivo em que vivemos”.

A inauguração na EACH: investimentos de R$ 11,5 milhões

A inauguração na EACH: investimentos de R$ 11,5 milhões

As novas edificações – O edifício de salas de professores acomodará 108 salas individuais para docentes, em complemento às 150 salas disponibilizadas com esse objetivo em outro edifício da unidade, além de salas para administração e secretarias de cursos. O prédio de laboratórios didáticos comportará seis laboratórios, com aproximadamente 210 metros quadrados cada um, para atender às necessidades do Ciclo Básico e dos cursos de Licenciatura em Ciências da Natureza, Ciências da Atividade Física, Gerontologia, Obstetrícia e Gestão Ambiental, além de um laboratório exclusivo para microscopia.

A infra-estrutura para os laboratórios de pesquisa comportará 14 laboratórios, com capacidade para 80 pesquisadores, que serão compartilhados pelos professores da unidade e seus grupos de estudo, em áreas como ecologia e biodiversidade, física, biomedicina, dor e biotecnologia, processos químicos e ciências da terra.

Segundo o diretor da EACH, professor Dante De Rose Júnior, esses edifícios, que compõem uma praça central e áreas comuns de paisagismo, mantêm a característica básica da escola, que é a interdisciplinaridade.

O diretor, que em sua apresentação fez uma homenagem à Professora Emérita da Faculdade de Educação da USP e uma das idealizadoras do projeto pedagógico da nova unidade, Myriam Krasilchik, ressaltou que a conclusão dessa nova etapa trará um grande benefício às atividades acadêmicas, mas acrescentou que ainda há muito a ser feito. “Nosso próximo projeto é a construção de um Centro de Convivência na escola, para atender às necessidades de nossa comunidade”, afirmou.