Home » 1064 (11 a 17.05.2015), Editorial, Opinião

Uma conquista admirável

Publicado por admin - Wednesday, 13 May 2015

Mais uma vez a USP se destaca entre as grandes universidades do mundo. Como mostram matérias publicadas nas páginas 9, 10 e 11 desta edição, o conceituado QS World University Rankings by Subject – elaborado anualmente pela Quacquarelli Symonds (QS), do Reino Unido – faz uma excelente avaliação da USP em seu mais recente relatório, divulgado no final de abril.

Organizado com base em áreas de concentração do conhecimento, o relatório da QS classifica a USP, por exemplo, em 12º lugar na área de Odontologia (à frente da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e da Universidade de Nova York, ambas nos Estados Unidos, que naquela área ocupam a 15ª e a 16ª posição, respectivamente) e em 24º lugar em Agricultura e Silvicultura. Em Arquitetura, Arte e Design, Ciência Veterinária e Filosofia, a academia fundada em 1934 por decreto do então interventor Armando de Salles Oliveira ocupa, respectivamente, as posições 33, 34, 36 e 37.

São dados que devem ser comemorados por toda a comunidade uspiana e pela sociedade paulista, principalmente se se levar em conta um fato nem sempre lembrado quando se discute a performance da USP em rankings acadêmicos internacionais: o tempo de existência das instituições que se encontram no topo desses rankings. Normalmente, as universidades mais bem avaliadas têm vários séculos de atuação. Já no caso da USP, construiu-se uma universidade que alcança os mais altos picos da excelência acadêmica em apenas 81 anos de atuação. Uma conquista realmente admirável.