Home » 1099 (14 a 20.03.2016), Exposições, Vamos

Mídias móveis integram mostra do Videobrasil

Publicado por mabi.barros.s@gmail.com - Monday, 14 March 2016

Estudo para Duelo, do brasileiro Cláudio Bueno

Esta é a última semana para visitar a exposição “Acervo Videobrasil em Contexto #1”, resultado das residências do artista brasileiro Cláudio Bueno (mestrando em Artes Visuais pela Escola de Comunicações e Artes da USP) e do egípcio Mahmoud Khaled. O projeto Videobrasil em Contexto propôs aos dois artistas selecionados, a criação de trabalhos inéditos a partir da imersão no seu acervo. Cláudio Bueno criou, em parceria com Paula Garcia – artista que participou do 17º Festival e gerou um dos registros de performances que lhe serviram de referência –, a instalação Estudo para Duelo, que convida os visitantes a vestir coletes imantados e percorrer, a partir de extremos opostos, um corredor metálico de seis metros de comprimento, que impossibilita o contato entre eles por causa do campo magnético.

Já Mahmoud Khaled concebeu a videoinstalação Proposal for a Porn Company, que parte do universo explorado pela produtora de vídeos pornográficos Men at Play, especializada em enredos eróticos com personagens masculinos do mundo corporativo e empresarial. Os vídeos utilizam locações no ambiente urbano, nos quais o público pode reconhecer espaços como o Conjunto Nacional, a avenida Paulista e o Aeroporto de Congonhas, e sobrepõem cenas de áudio e vídeo de filmes da produtora, desconstruindo a estrutura narrativa de uma produção pornográfica. Além dessas novas obras, a exposição traz trabalhos que foram referência para suas pesquisas, assinados por nomes como Akram Zaatari, Coco Fusco, Chelpa Ferro, Eder Santos, Estúdio Bijari, Lucas Bambozzi, Paula Garcia, Sebastián Díaz Morales e Wagner Morales. Nesta quinta, às 20h, ainda acontece a mesa “O Corpo na Obra de Cláudio Bueno”, com a participação do artista brasileiro e do jornalista e professor Fábio Cypriano, e mediação de Ruy Luduvice, pesquisador do Núcleo de Arquivo e Pesquisa do Videobrasil. Em cartaz até 19 de março, terça a sexta-feira das 13h às 19h; sábados, das 11h às 17h, no Galpão VB da Associação Cultural Videobrasil (av. Imperatriz Leopoldina, 1.150, tel. 3645-0516). Grátis.