Home » Edição, Música, Vamos

Osusp traz temporada diversificada em 2016

Publicado por leticiapfuentes@gmail.com - Monday, 25 April 2016

Além dos espetáculos com atrações nacionais e internacionais que serão realizados na Sala São Paulo, a orquestra volta a se apresentar na USP, reproduzindo as apresentações da temporada e fazendo concertos especiais para crianças

LETICIA FUENTES

A temporada 2016 da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp), que começou em março, vai trazer um total de oito grandes apresentações mensais até o fim do ano. Os concertos, realizados na Sala São Paulo, contam com convidados consagrados no Brasil e no exterior. Segundo o diretor da Osusp, Eduardo Monteiro, todos os concertos da temporada serão reapresentados na Cidade Universitária, no Centro de Difusão Internacional (CDI).  “A ideia de se apresentar nos dois lugares é fazer com que a orquestra toque dentro da Universidade outra vez. Nós não só vamos reproduzir os concertos da temporada como pretendemos fazer outros, aumentando o número de apresentações dentro do campus”, afirma. No dia 13 maio, ao meio-dia, Monteiro adianta que a Osusp vai realizar um concerto exclusivamente no CDI, com a presença do maestro Jamil Maluf e do pianista Amaral Vieira, apresentando uma sinfonia do compositor brasileiro Alexandre Levy e uma obra adaptada para piano e orquestra do compositor austríaco Schubert.

Foto: Divulgação

Temporada traz a orquestra na Sala São Paulo e também de volta à USP

O próximo concerto da temporada na Sala São Paulo será realizado no dia 25 de junho, com a participação do clarinetista inglês Michael Collins, que também rege a apresentação. No programa estão obras de Grieg (Peer Gynt, Suíte nº 1, op. 46), Nielsen (Concerto para Clarinete, op. 57) e Sibelius (Sinfonia nº 2 em Ré Maior, op. 43). Depois, volta no dia 4 de setembro, sob a regência de Fabio Zanon, também solista de violão, executando obras de Haydn, Gnattali e Mendelssohn. No dia 1º de outubro, a Osusp se apresenta com o Cuarteto Latinoamericano, um grupo de cordas mexicano, sob a regência do também mexicano Jesús Medina, interpretando arranjos para cordas e piano das obras de Piazzolla, além de composições de Mozart e Arturo Márquez. Em 12 de novembro, o percussionista brasileiro Ricardo Bologna será solista e regente do concerto, que traz obras de Tchaikovsky, Villa-Lobos e Rodolfo Coelho de Souza. Por fim, no encerramento da temporada, no dia 10 de dezembro, o concerto conta com a presença do brasileiro Wagner Polistchuk como regente e do violinista húngaro Antal Zalai como solista, além da mezzo soprano brasileira Ana Lucia Benedetti e do Coralusp, apresentando composições de Dvorák, Guarnieri, Villa-Lobos e Marco Frisina.

Foto: Júlio Acevedo

Eduardo Monteiro, diretor da Osusp

Fora da temporada, o diretor da orquestra ressalta que a Osusp pretende aumentar também o número de concertos didáticos para crianças dentro do campus. De acordo com Monteiro, eles já realizam um trabalho com jovens de escolas públicas fora da USP, com a intenção de despertar o interesse das crianças pela música. A ideia é, então, trazer esse projeto de volta para a Universidade no segundo semestre. “Durante essas apresentações, temos uma grande participação das crianças”, afirma o diretor, que completa: “Elas são convidadas a cantar junto e fazer algumas atividades”. Segundo ele, cerca de mil estudantes, de 5 a 12 anos, são convidados a participar desses encontros, ao lado das escolas.

A Temporada 2016 da Osusp tem concertos mensais, sempre às 21h, na Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16, Centro, tel. 3367-9500), com ingressos avulsos que variam de R$ 20,00 a R$ 70,00.

Os concertos no CDI (av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 222, Cidade Universitária, tel. 3091-8500) são gratuitos. Programação completa e mais informações no site www.osusp.prceu.usp.br.

.

Série de concertos traz músicos internacionais (foto: Duo Kolesov & Grinevich (crédito: Divulgação)

Com curadoria do diretor da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) Eduardo Monteiro, a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano retoma, em 2016, a sua série mensal de concertos, trazendo para o Brasil artistas de várias partes do mundo.  Dentre os destaques estão nomes como Victor Cayres, Ronaldo Rolim, Eduardo Leandro, Ricardo Bologna e Cristian Budu, além de apresentações do Quarteto de Cordas Arneis – que vem pela primeira vez no Brasil – e do Trio São Paulo. No próximo concerto, que será no dia 15 de maio, o saxofonista Sergey Kolesov e a pianista Elena Grinevich, ambos russos, executam obras de Rachmaninoff, Yoshimatsu, Poulenc, Borne e Piazzolla.

Foto: Divulgação

Duo Kolesov & Grinevich

De acordo com Eduardo Monteiro, a temporada acontece na própria fundação e traz principalmente apresentações de solistas e grupos pequenos de artistas. Para o curador, a ideia era trazer uma variedade maior para a série em 2016. “Procuramos incluir desde recitais de piano solo até música vocal e música de câmara com instrumentos de sopro ou de cordas. Queríamos contemplar não só artistas consagrados aqui no Brasil, mas também jovens músicos do exterior. O que une todos esses concertos é a qualidade”, complementa.

Todos os espetáculos acontecem aos domingos, às 11h30, na Fundação Maria Luisa e Oscar Americano (av. Morumbi, 4.077, tel. 3746-6941). Ingressos: R$ 50,00, com meia-entrada. Programação completa em www.concertosfmloa.com.