Home » Interligado

Ping-Pong

Publicado por admin - Monday, 7 December 2009

Por um País livre de cárie

Sob a direção do professor Marcelo Bönecker, da Faculdade de Odontologia da USP, o Beacon Centre, inaugurado nessa unidade em 2008, vem ajudando o Brasil a alcançar meta internacional de erradicação da doença até 2026.

Como a Faculdade de Odontologia vem atuando para erradicar a cárie no Brasil?
Através do Beacon Centre, inaugurado na faculdade em junho de 2008. O Brasil e outros nove países, que, juntos, congregam mais da metade da população infantil mundial, possuem um centro que conta com verba para cinco anos doada pelo governo do Reino Unido. O centro carreia o projeto The Global Child Dental Health Taskforce, criado em 2006 por iniciativa do professor Raman Bedi, do Kings College of London, na Inglaterra, em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a empresa Colgate-Palmolive. O objetivo é diminuir a prevalência das lesões de cárie dentária em crianças. O projeto tem a meta ambiciosa de erradicar a doença até 2026.

De que forma os órgãos atuam por aquele objetivo?
A faculdade atua em parceria com o Ministério da Saúde na definição e implementação das ações e regiões a serem atendidas. É uma força-tarefa com distribuição de kits de higienização e atividades educativas. Na verdade, é uma iniciativa da Colgate-Palmolive para a comemoração dos seus 200 anos. Aqui na Faculdade de Odontologia da USP, inauguramos a clínica preventiva, que atende cerca de cem crianças por mês e realiza também uma ação educativa.

Qual a importância do centro para a faculdade?
Ele projeta a Universidade no Brasil e exterior e colabora com a meta internacional de erradicação da cárie até 2026. A faculdade foi escolhida pelo que representa e pelo potencial de colaboração.

RÁPIDAS

Nomeação na ABC

Foram nomeados Membros Afiliados da Academia Brasileira de Ciências, por cinco anos, os professores Valtencir Zucolotto, do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP, e Hamilton Brandão Varela Albuquerque, do Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP. Eles poderão ser indicados posteriormente para a categoria de Membro Titular.

Projeto de prevenção à dengue

Com atuação permanente e conjunta, a Coordenadoria do Campus da Capital (Cocesp), a Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, o Laboratório de Cartografia e Geoprocessamento do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e o Instituto de Pesquisa do Discurso do Sujeito Coletivo, além de técnicos e agentes da Vigilância Ambiental do bairro do Butantã, desenvolvem o Projeto de Prevenção à Dengue na Cidade Universitária, em São Paulo. A ideia é aliar tecnologia, educação e comunicação no combate ao mosquito.

ORELHÃO

O seu espaço é aqui.

Envie dicas e sugestões de pautas para esta coluna ou reclame sobre algum serviço ou evento em qualquer campus da USP que, na sua opinião, deveria ser diferente. Explique suas razões e exerça sua cidadania. Não se esueça de deixar seu contato, com nome, telefone e e-mail.

Cartas para esta coluna devem ser enviadas para os e-mails jornausp@usp.br e silvimig@usp.br, para o fax (11) 3091-4309 ou para o endereço avenida Professor Luciano Gualberto, travessa J, 374, 8o andar, Cidade Universitária, São Paulo (SP), 05508-900

Sylvia Miguel